Confira 3 passos básicos para se trabalhar com segurança em máquinas e equipamentos




Desde sua criação, a NR 12 e seus anexos definem referências técnicas, princípios fundamentais e medidas de proteção para resguardar a saúde e a integridade física dos trabalhadores. Esta importante norma estabelece requisitos mínimos para a prevenção de acidentes e doenças do trabalho.

O especialista em NR 12 da Schmersal, José Amauri Martins, entretanto, alerta que as medidas de proteção devem ser adotadas, se necessário, de acordo com a apreciação de riscos realizada por profissionais habilitados, em cada um dos ambientes de trabalho. “Ou seja, não podemos afirmar que existe um único ‘passo a passo’ para se trabalhar com segurança em máquinas e equipamentos, uma vez que eles mudam de acordo com cada realidade e cenário”, explica.

Para se trabalhar com segurança em máquinas e equipamentos, ele relaciona três passos primordiais, princípios básicos que farão a diferença para evitar acidentes nas atividades.


1º passo: a máquina deve ser segura


Para se trabalhar com segurança em máquinas, a primeira condição é que elas sejam seguras, atendendo os requisitos das normas técnicas aplicáveis. De acordo com a NR 12 (Item 12.5.2), os sistemas de segurança devem ser selecionados e instalados de modo a atender aos seguintes requisitos:

  1. A) ter categoria de segurança conforme apreciação de riscos prevista nas normas técnicas oficiais;

  2. B) estar sob a responsabilidade técnica de profissional legalmente habilitado;

  3. C) possuir conformidade técnica com o sistema de comando a que é integrado;

  4. D) instalação de modo que dificulte a sua burla;

  5. E) manter-se sob vigilância automática, ou seja, monitoramento, se indicado pela apreciação de risco, de acordo com a categoria de segurança requerida, exceto para dispositivos de segurança exclusivamente mecânicos;

  6. F) e paralisação dos movimentos perigosos e demais riscos quando ocorrerem falhas ou situações anormais de trabalho.

2º passo: os trabalhadores devem estar habilitados para suas funções

O trabalhador ou operador da máquina deve ser um profissional habilitado e treinado para executar as funções, entendendo os comandos e os movimentos durante a operação. Como está na NR 12 (Item 12.16.2), “o empregador deve adotar medidas de proteção para o trabalho em máquinas e equipamentos capazes de resguardar a saúde e a integridade física dos trabalhadores”.


3º passo: analise constantemente os perigos 

A empresa deve ter um programa de requalificação dos trabalhadores quando necessário, enquanto a engenharia de segurança do trabalho deve analisar os perigos do setor produtivo, avaliando, gerenciando e reduzindo os riscos para tornar o ambiente seguro. Implantar um projeto de NR 12 nas empresas não é um processo fácil, por isso, busque apoio técnico e consultorias de empresas especializadas.

Para ajudar a entender melhor alguns passos para se trabalhar com segurança em máquinas e equipamentos a Treinaseg esta aqui para te atender entre em contato para mais informações.


5 visualizações0 comentário